• Paróquia São Roque de Bento

Comunidade prestigia o “Café em Família” da 65ª Festa de São Roque e São Gotardo


Abertura oficial dos festejos aconteceu na Missa das 09h, que contou com a presença dos festeiros; a tarde, foi realizado o primeiro evento, no formato drive thru



Festeiros e festeirinhos da 65ª Festa de São Roque e São Gotardo | Foto: Gabriela Toniolli


A Paróquia São Roque, da cidade de Bento Gonçalves, deu início, neste domingo, 18 de abril, à 65ª Festa de São Roque e São Gotardo. Neste ano, que também marca as seis décadas e meia de criação da paróquia, a abertura oficial dos festejos aconteceu na Missa das 09h, presidida pelo pároco, padre Vitor Cittolin, que apresentou e abençoou os casais festeiros e festeirinhos.


Já na parte da tarde, a comunidade prestigiou o “Café em Família”, primeiro evento social da festa de 2021. Ele foi realizado no formato drive thru e teve esgotados os 450 ingressos colocados à disposição. Na oportunidade, foram entregues kits com salgados, doces, bolos, além do sachê de café, para as famílias partilharem do alimento em suas casas.


No próximo sábado, 24 de abril, inicia a programação de visitas da imagem peregrina de São Roque às comunidades da Paróquia e também às demais igrejas matrizes da cidade de Bento Gonçalves. A primeira celebração será na comunidade Nossa Senhora das Graças - Passo Velho, às 16h30min. Todas as celebrações irão acontecer de acordo com os protocolos sanitários. Neste ano, o lema escolhido é: “65 anos de fé, chamados a cuidar da vida, promovendo o amor fraterno”!


A 65ª Festa de São Roque e São Gotardo é promovida pela Paróquia São Roque, de Bento Gonçalves, que conta com os casais festeiros Fernando e Jussara De Bona, Gilmar e Mareni Atzler, Magnus e Cristiane Finatto, Mario e Rejane Framia e Vilson e Teresa Giacomini. Também fazem parte da equipe, os festeirinhos Bruno Rossatto De Bona, Carolina Soliman Finatto, Eduarda Rossatto De Bona e Luísa Soliman Finatto. A Paróquia São Roque é coordenada pelo pároco, padre Vitor Cittolin, com o auxílio dos padres Miguel Mosena e Valdir Thums.


De acordo com o pároco, padre Vitor Cittolin, apesar do momento de pandemia e das restrições, a Paróquia irá celebrar com muita alegria a devoção aos padroeiros. “A comunidade faz a festa e a festa faz a comunidade. Os festeiros estão à frente, organizando, mas toda essa história de 65 anos é feita de muitas mãos. Por isso, não é a pandemia que vai nos impedir de celebrar e festejar, sempre seguindo todos os protocolos e normativas. Vamos nos adaptar e festejar”, salienta.


Já o casal de festeiros que coordena as atividades, Fernando e Jussara De Bona, salientam a importância do lema escolhido. “Temos um momento desafiador, neste tempo de pandemia: precisamos cuidar da nossa saúde, seja ela física, mental e espiritual. Somos chamados a renovar nossa fé e praticar o amor fraterno, porque temos muitos irmãos nossos necessitados, recordando o que o Papa Francisco nos diz na Encíclica Fratelli Tutti, ‘somos todos irmãos’, pontua o casal.


Está programada para o mês de junho a tradicional feijoada da Festa de São Roque e São Gotardo e também a preparação do tríduo e do dia festivo, que terão sua culminância no dia 16 de agosto.

143 visualizações0 comentário